ARTIGOS

Virei líder, e agora?

Todo mundo já viu alguma situação no trabalho em que um funcionário extremamente competente, inteligente e qualificado; foi promovido para um cargo de liderança mas não deu certo. Isso porque existe uma tendência a imaginar que se o funcionário tem habilidades técnicas excelentes, pode liderar uma equipe de forma também exponencial. Só que liderar envolve uma mistura de habilidades técnicas (conhecimento) e habilidades sociais, que nem sempre esse talento tem. Ele pode ser um grande especialista na área em que atua, pode dominar todas as ferramentas e ter grande experiência na função, porém, nem sempre será um bom líder. Já foi constatado que o líder mais eficaz tem alto grau de inteligência

Gestão colaborativa e liderança inspiradora

Sim, concordamos que as empresa são geridas para fins de lucro, porém, estamos vendo o quanto é necessário inovar e aprender com elas, abrindo caminho nas relações internas. Chega o momento de buscar aprendizado e melhoria no campo das relações humanas àquelas empresas que estão estruturadas e alcançaram um nível de amadurecimento. É à hora de inovar no que é intangível e pensar no que faz parte da base sólida das pessoas. Além de um salário compatível com a função e com o mercado, todos precisam de reconhecimento e gostam de se sentir fazendo parte da organização. Junto a benefícios básicos, é possível pensar na qualidade de vida do trabalhador, incorporando pensamentos de saúde, bem-estar

© 2020 por Positiva Recursos Humanos

WhatsApp Business: 51. 99247 - 7791