© 2017 por Positiva Recursos Humanos

Please reload

Recent Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Featured Posts

10 Tendências em 2018 para a Gestão de Pessoas

January 11, 2018

 

Ano de 2018 chegou e com ele muito questionamento de como será o mundo do trabalho desse ano. É hora de pensar mais nas pessoas, em suas necessidades, propósitos e desenvolvimento humano; sempre de mãos dadas com a informatização.

 

Vamos então as 10 tendências para Gestão de Pessoas neste ano:

 

1 – Gamificação – Utilização de jogos dentro do contexto das empresas. Área relativamente nova, mas em especial no EUA já existe a certo tempo. Pode auxiliar, por exemplo, no processo de recrutamento e seleção. Através de gamificação a empresa consegue ranquear alguns dados e analisar se o perfil do candidato está de acordo com os princípios da empresa, como cultura, missão e valor, bem como, da vaga de trabalho em questão. Utilizando de dinâmica de jogos para engajar e conhecer as pessoas.

 

2 – Currículo cego - Tem por objetivo eliminar qualquer tipo de discriminação. Excluindo dados pessoais, como idade, estado civil, localidade. Porém é necessário que a empresa tenha maturidade para focar em análises como; na formação e especialidade do candidato, os seus conhecimentos e habilidades.

 

3 – Espaços físicos do RH – Algumas empresas dispõem de espaços colaborativos e de integração para os colaboradores e visitantes. Lugares específicos para networking e criação de ideias.

 

4 – RH’S como parceiros – Chamados de business partner. O parceiro de negócios que trabalha em busca de soluções e estratégias, além dos indicadores de gestão de pessoas. Transitam em vários setores da empresa trabalhando estrategicamente pela busca dos objetivos da empresa.

 

5 – Era digital - Informatização do RH – A tecnologia segue como aposta para aumentar a efetividade dos resultados e relações. Salvando dados e auxiliando nos processos de desenvolvimento humano. Pensando na aplicação mais simples e palpável, alinhando aspectos na realidade do país e das gerações, fazendo escolhas mais eficientes e reais. Processos menos complexos.

 

6- Estudos das gerações - Mais do que nunca é importante pensar em como interligar as gerações e tornar a gestão de pessoas mais próxima com fluidez nas informações. É necessário conhecer melhor uns aos outros e entender os conflitos de gerações e suas expectativas, pensando em processos de interações.

 

7 – Propósito e cultura – A nova realidade de gerações traz o propósito como ponto importante no desenvolvimento do trabalho e carreira. Entender que os propósitos das organizações tem de estar coerentes com os princípios das pessoas. A cultura que a empresa prega deve ser coerente com a realidade.

 

8- Feedback – Feedback de maneira constante e mais natural. Criar uma cultura de feedback pensando nos processos diários, mesmo que informal, utilizando a transparência. Feedback constante auxilia em processos de desenvolvimento humano e ajuda no branding.

 

9- People Analytics – Análise de processos e pessoas. Pensar na evolução das pessoas e no desenvolvimento humano. Utilizando ferramentas disponíveis, sem esquecer de estudar dados. É imprescindível mensurar informações em números. Pensar na automatização e na velocidade de resposta.

 

10 – Treinamentos – Junto ao desenvolvimento humano estão os treinamentos na Gestão de Pessoas. Auxiliam nas soluções e questões pontuais em busca de aprendizado do colaborador, que. como resultado agrega valor à empresa.

 

Então vamos aos estudos e muito trabalho em 2018, colocar os planos em práticas e contar com a realidade da informatização como aliada.

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Follow Us

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Search By Tags
Please reload

Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon