Como ter um Currículo impossível de passar despercebido

1: Vamos começar pelo layout:

Deve ser o mais básico possível. Sem cores. Fonte legível no máximo tamanho 12 para texto e 14 para títulos.

Destaque os tópicos: pode ser em negrito ou sublinhado.


2: Seu nome: Deve ficar bem centralizado. Abaixo dele vai seu cargo e/ou formação.

Seus dados pessoais: Por incrível que parece ainda há muito currículo sem e-mail, sem telefone e sem Cidade. (Como se o recrutador deduzisse que o candidato mora na cidade da vaga aberta).

Lembre-se, um telefone com WhatsApp basta. Não precisa vários números para recado.


Segue esta configuração:


Nome completo centralizado. Cargo e/ou formação abaixo do nome. Cidade. Bairro. Não precisa endereço completo. E-mail atualizado. Contato no LinkedIn. Principalmente para áreas Especialistas.


Atenção especial agora!


Não precisa foto!

Deixa a foto para o LinkedIn - daí sim você capricha na foto!

Pelo amor! Não coloca foto de selfie, em bar, com roupa de praia, roupa de academia e afins.

Lembre-se, são negócios!


3: Seu Objetivo profissional:

Deve estar de acordo com a vaga que você está se candidatando.

Não adianta nada você ter experiência em operação de indústria, por exemplo, e buscar uma área jurídica.

Precisa haver conexão.

Se você está disposto a mudar de área deve deixar isso bem claro.


4: Sua formação:

A última e mais atual basta. Coloque data.


5: Suas experiências:

As 4 últimas estão ótimas. Começando pela mais atual.

Coloque as funções mais relevantes. Conte de forma breve suas conquistas. Não esqueça das datas de início e fim. Do nome e local da empresa.


6: Seus cursos:

Atualize-se! Não adianta cursos defasados. Esteja ligado em tendências da sua área.


7: Inglês e Informática:

Inglês vai ser importante a depender da área de atuação.


Informática, não dá para escapar. Quanto mais você souber melhor.


8: Informações adicionais:

Trabalho voluntário. E outros


9: Suas Habilidades:

Conte, de forma resumida, no que você é bom! (Dentro da área ou com alguma conexão).


10: Pretensão salarial: Pense em quanto quer ganhar mas pesquise a média salarial do mercado e saiba negociar. No currículo não precisa, somente caso seja solicitado.


Dica Bônus: Faça um Lin

kedIn!

Featured Posts
Posts em breve
Fique ligado...
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon