© 2017 por Positiva Recursos Humanos

Please reload

Recent Posts

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Featured Posts

Estilos de Liderança. Como liderar de forma situacional

October 22, 2019

 

Os líderes de alto impacto operam também na base da reflexão e dependem das exigências, mas normalmente agem de forma automática. A flexibilidade da troca é aconselhável e a escolha do estilo é uma descoberta que depende da Inteligência emocional.

Estudos detectam que gestores que carecem de IE raramente são classificados como excepcionais em suas avaliações de desempenho.

 

Como cada líder motiva seus subordinados diretos? Gerencia mudanças? Lida com crises? Como mostrar seu nível de empatia?

 

Esses fatores influenciam o ambiente de trabalho de uma organização, no clima de trabalho a flexibilidade permite deixar o funcionário livre para inovar sem ser impedido pela burocracia. As pessoas adotam um senso de responsabilidade com a organização, reflete na sensação de clareza da missão e valores da empresa, apoiado pelo feedback preciso de desempenho.

Estilos de Liderança

  • ESTILO AUTOCRÁTICO: Estilo vibrante de visão clara. Declaração da missão da empresa levado a serio e trabalha em busca de objetivo. Voltado a resultados. Visão estratégica, é um visionário e motiva as pessoas ao deixar claro como o trabalho delas se enquadra numa visão maior para a organização. Pessoas que trabalham para tais líderes entendem que o que fazem importa e por quê. A liderança autoritária maximiza o compromisso com as METAS e estratégias da organização, pois define padrões que giram em torno dessa visão. Ao dar feedback de desempenho, seja positivo ou negativo, o critério singular é se aquele desempenho ajuda ou não ajuda no progresso da visão.

A sua flexibilidade impacta na liderança pois geralmente dá liberdade para as pessoas inovarem, mas os riscos devem ser calculados. Um líder autoritário é eficaz particularmente quando precisa resolver um problema sério, pois pode traçar um novo rumo e vende ao seu pessoal uma nova visão de longo prazo. Reestruturação é fácil para ele, porque trabalha com metas. A abordagem falha quando um líder está trabalhando com uma equipe de especialistas ou colegas que são mais experientes do que ele. Tem a tendência de se tornar dominador, sem espírito igualitário. Mas ajuda muito estrategicamente.

  • ESTILO COACHING: Mais do que um chefe tradicional, atua como um conselheiro e grande motivador. Tem facilidade para ouvir as preocupações e esperanças alheias e falar sobre suas próprias. Ajuda os funcionários a identificarem suas forças e fraquezas únicas e as vinculam às suas aspirações pessoais e de carreira. Encorajam seus funcionários a criarem metas de desenvolvimento de longo prazo e os ajudam a conceber um plano para atingi-las. Fazem acordo com os funcionários sobre os seus papéis e responsabilidades em cumprir planos de desenvolvimento e dão instruções e feedback abundantes.

Dão aos funcionários tarefas desafiadoras mas realizáveis. Este estilo impacta diretamente no clima organizacional e os líderes que ignoram este estilo estão abrindo mão de uma ferramenta poderosa, principalmente de exercício de confiança, engajamento e parceria da equipe. Enfoca o desenvolvimento pessoal e menos voltado a tarefas, mas melhora mesmo que indiretamente os resultados. “ Acredito em você, estou investindo em você e espero os melhores esforços” Os funcionários geralmente se mostram à altura do desafio. Funciona bem quando todos já sabem e estão conscientes de suas tarefas e responsabilidades e querem exercê-las. Por outro lado, faz pouco sentido quando os funcionários, por algum motivo, são resistentes ao aprendizado ou a mudar de hábitos.

  • ESTILO AFILIATIVO: Focado nas pessoas, gera clima de harmonia, se preocupa com o clima organizacional, lida melhor com as emoções. As pessoas vem em primeiro lugar. Esse estilo de liderança gira em torno das pessoas, valoriza mais os sentimentos e emoções do que as tarefas e metas. Esforço para tornar os funcionários contentes e desenvolve vínculos emocionais, depois colhe o benefício de tal abordagem: a fidelidade extrema. Esse estilo tem efeito positivo nas comunicações, as pessoas costumam compartilhar ideias, cria um clima de confiança e flexibilidade.

As pessoas sentem liberdade pela falta de imposição. O líder afiliativo costuma dar feedback positivo proporcionando a sensação de reconhecimento e de recompensa pelo trabalho bem-feito. Os líderes podem utilizar do estilo afiliativo para motivar e engajar a equipe, aumentando a moral e harmonizando o ambiente. Por ter o foco somente positivo no elogio, pode impedir que o mau desempenho seja corrigido, alguns funcionários podem não levar a sério a tarefa e tendem a perceber que a mediocridade é tolerada. O ideal é mesclar o estilo Afiliativo com o estilo Autoritário. Enquanto os líderes autoritários definem os padrões e metas, seguindo a visão, a abordagem afiliativa cuida das pessoas. Uma ótima mistura.

  • ESTILO DEMOCRÁTICO: Funciona bem para a equipe que é competente e sabe a direção, não necessitam de tanto controle voltado a tarefa. Estilo que dedica tempo para ouvir ideias e obter a adesão das pessoas. Deixa que os próprios trabalhadores tenham influência nas decisões. O líder democrático aumenta a responsabilidade com flexibilidade, tende a ser bem realista no que pode e o que não pode ser alcançado. Esse estilo deve cuidar para não parecer vago e ficar só plantando ideias e projetos sem conclusões, neste caso deixando o pessoal sem foco e desnorteado. Essa abordagem é ideal quando o próprio líder está inseguro e gostaria de ouvir opiniões, para tomar a decisão.

Funciona bem para gerar ideias novas, mas não faz sentido quando os funcionários não são suficientemente competentes ou são do estilo que necessitam de incentivo não tomando atitude sem coordenação. Estilo com maior resultado quando utilizado de forma situacional.

  • MARCADOR DE RITMO: O líder fixa padrões de desempenhos extremamente altos, é obcecado a fazer as coisas melhor e mais rápido e pede o mesmo a todos à sua volta. Rapidamente aponta o mau desempenho e exige mais dos funcionários. Se eles não correspondem às expectativas rapidamente são substituídos. Na verdade o Marcador de ritmo destrói o clima porque muitos funcionários se sentem pressionados em demasia pela exigência da excelência. Ele pensa “se eu tenho que explicar então você não é a pessoa certa”. Ele não tem confiança na equipe para dar liberdade para que trabalhem mais livremente ou tomem iniciativa. A abordagem já funciona bem quando todos os funcionários estão motivados, são altamente competentes e precisam de pouca orientação ou coordenação.

O marcador de ritmo garante que o trabalho seja feito no prazo, fixando regras e cobre as metas dentro do prazo ou mesmo antes. Porém cuidado, o estilo marcador não deve jamais ser utilizado sozinho. 

  • ESTILO COERCIVO: Dentre todos os estilos o estilo coercivo é o menos eficaz na maioria das situações. A Flexibilidade é mais atingida por ele ser engessado, travador. O líder tende a centralizar as decisões e as pessoas se sentem impotentes, acabam se anulando e não mostram do que são capazes por medo de serem rechaçadas. Tem o lado prático e sabe usar da estratégia, pode romper hábitos empresariais fracassados induzindo a novos modos de trabalhar.

Este estilo é apropriado durante uma emergência e tomar providências rapidamente. Mas cuidado, não deve ser mantido este estilo de forma continuada, pois sua insensibilidade pode afetar fortemente o clima e pode ser desastrosos na consolidação da equipe e nos sentimentos dos liderados.

Os líderes que dominam pelo menos 4 estilos de liderança (autoritário, democrático, afiliativo e coaching) tendem a liderar melhor. Os líderes alteram os estilos de acordo com as situações e o cenário.

 

"O líder que consegue mesclar os estilos tende a se apresentar com maior fluidez, consegue demonstrar sentimento ao passo que ajusta as estratégias. São líderes que tem mais afinado a percepção e conseguem perceber nos primeiros minutos da conversa com um funcionário o que precisa se ajustado. Para que o líder consiga ajustar e mesclar os estilos de liderança é necessário que ele domine a inteligência emocional, desenvolver relacionamentos e a comunicação".

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Follow Us

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Search By Tags
Please reload

Archive
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Social Icon